Follow by Email

sábado, 13 de junho de 2015

O tempo....

Só o tempo é capaz de mostrar até onde podemos ir...
O tempo nos mostra quem somos, o que sentimos verdadeiramente...
O tempo nos ensina a amar ainda mais ou esquecer o inesquecível...
O tempo me trouxe você, vagarosamente e fui deixando, deixando e quando vi já não cabia mais dentro de mim... fui me perdendo nos pedaços de tempo, amando cada vez mais você...
E aos poucos o tempo foi me moldando, e de espinho fui virando flor, fiquei fraca, boba, sem forças... fui virando amor...
Da pessoa que fui restou apenas alguém que briga, que luta pra não sentir, mas que se rende porque é em você que encontro o sorrisinho que as vezes sai em meu rosto... é em você que sai esse brilho do meu olhar...
E é em você que encontro a vontade de abrir os olhos toda manhã, e mesmo tão longe, tão fora do meu alcance, eu sei que você existe e só em saber da tua existência já enche meu coração de amor e mesmo você não vendo, não entendendo, ainda insisto em colocar a cabeça no teu peito, ainda que não sinta, ainda que não saiba, ainda me pego sonhando com teu colo, e nessa cumplicidade eu sei que quanto mais eu fujo, quanto mais eu brigo comigo mesma, mais eu te amo... mais você significa pra mim e é nesse silêncio que espero... meu amor, minha vida...

                                                                           Ninah

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Chuva...

Lá fora a chuva cai tão fria...
Penso em você com saudade...
As lágrimas caem do meus olhos,
Incansável como a chuva que cai lá fora...
O frio, o vento, os pingos da chuva
Me trazem um pouco de você
E essa saudade que não passa
E esse vazio dentro de mim que insiste em trazer de volta
Cada minuto que passei com você...

Seu jeito, suas manias...
Ahh as sua manias,
Tão bobas, tão tolas, tão desejadas...
Peço a essa chuva que cai,
Que leve meus pensamentos até você,
Que te invada com a mesma saudade,
Com a mesma falta que você faz pra mim...
Amor,
Meu doce amor...

                                         Ninah

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Espelho...

Aqui parada diante do espelho, mergulhei na minha vida
Em que lugar de mim me perdi?
Em que parte fiquei?
Sinto-me tão só...
O olhar é vazio, perdido

Sinto que me busco a todo instante,
Mas onde me encontrar?
Me sinto tão perdida, 
Como se eu não pertencesse a mim mesma...
Do outro lado, na imagem que reflete...
Vejo olhos me observando,
Olhos vazios,
Que esperam,
Que derramam lágrimas de agonia de tanto esperar uma solução...
Me vejo ali, olhando, parada, esperando, sentindo
Nesse turbilhão de perguntas que minha vida se tornou...
Vida vazia, incompleta...
Esperando, esperando... esperando...

                                                                           Ninah

sábado, 16 de maio de 2015

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Um sonho....

Gosto de coisas simples
Do vazio das ruas
Do silêncio da noite
Do tic-tac do relógio
Do cheiro de terra molhada
Gosto do canto dos pássaros
Do beijo roubado
Do olhar profundo...
Gosto das músicas que me fazem sonhar...
Que me fazem desejar
A nossa casinha, o nosso cachorro, a cadeira de balanço
Gosto de imaginar nosso jardim
A beleza do girassol, a borboleta a beijar a flor...
Gosto de imaginar você chegando..
Tão forte me abraçando
Me querendo, me amando...
Gosto do cheiro de você
Do teu jeito de ser....
 
                                                                                                                                Ninah

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Eu penso em você....

Eu e você em meio ao nada...
Meus olhos se perdem nos teus
Minha boca procura a tua...
Tento pronunciar teu nome mas as palavras se perdem...
Era um sonho, um sonho lindo como todos que tenho vivido com você...

Você não está aqui,
Mas ainda te espero chegar...
Com teu jeito único,
Com teus passos largos,
Com vontade de ficar...
Te busco em meus pensamentos e te sinto tão junto
Tão próximo,
Como se você estivesse aqui...
Me tocando, me sentindo, me amando...
E me pergunto: 
Onde está você que não ouve meu choro?
Onde está você que não vem secar minhas lágrimas....
Onde está você além desse coração que bate tão forte em meu peito...
Minha vida,
Meu príncipe,
Meu amor....

                                               Ninah

segunda-feira, 11 de maio de 2015

APENAS FELIZ....

Deixo você ir...
Livre por ai,
Solto tuas mãos... Para que vá
Para que seja feliz...
Por amor te deixo ir...
Mas que você não tenha medo de voltar
De recomeçar,
Porque o mesmo coração que te deixa ir... é o mesmo coração cansado, pesado de tanto te amar...
E esse coração te espera,
Em silêncio te espera... 
Me pergunto onde foi que nos perdemos um do outro...
Me pergunto onde erramos...
Se ainda te amo, 
Se ainda te vivo
Se ainda respiro você...
Hoje sei que o que importa mesmo
Não é apenas tê-lo ao meu lado
Mas sim vê-lo feliz
Ainda que não seja ao meu lado....
Apenas vê-lo feliz  ...
                                                                                                        Ninah